segunda-feira, 28 de maio de 2012

Desabafo - O dia em que perdi a fé na humanidade

Eu sempre acreditei que a bondade e a compaixão fossem qualidades inatas do ser humano.

Não me entenda mal, nunca tive ilusões de que o mundo é perfeito, eu sei que existem pessoas incapazes de sentir emoções, os famosos sociopatas, ou psicopatas, e que em algumas pessoas são simplesmente más.

Eu digo tudo isso porque algo aconteceu hoje a noite que me fez rever completamente meus conceitos.

Hoje eu penso que as pessoas não ligam a mínima. E isso me assusta. Muito.

Eu estava no twitter de bobeira enquanto assitia a uma série de TV, quando vi uma troca de tuites entre dois caras que eu sigo, o @izzynobre e o @jovemnerd. O Izzy é sempre conhecido por trolagens que, apesar de  serem exageradas algumas vezes, são inofensivas. E o Jovem Nerd é uma pessoa que respeito muito, e na qual eu sempre me inspirei.

Esse foi o tuite entre os dois:

 
E foi esse o tuite que me fez ressussitar este blog pois, depois que vi esse vídeo, eu precisava desabafar, e a melhor forma de fazer isso era escrevendo.

O vídeo, que não linkarei, mostra um terrível acidente de transito ocorrido em Dubai, onde se ve claramente pessoas morrendo, e membros decepados voando dos escombros (com direito a camera lenta).

O vídeo é tão gráfico e visceral que meu estômago embrulhou na hora, e comecei a passar mal aqui em casa.

E Imediatamente comecei a mandar tuites para o Izzy expressando minha revolta:


O que mais me chocou nesse episódio não foi nem o vídeo em si, mas a reação das pessoas ao vídeo e a reação inicial do Izzy aos meus comentários.

Meus tuites foram todos para expressar meu asco pelo ato de alguém tuitar para 26,000 pessoas um vídeo de pessoas morrendo. E de o fazer casualmente, como alguém que tuita um vídeoclipe, ou um vídeo de gatinhos brincando.

Essa foi a resposta dele aos meus comentários:



Como é possível, eu pergunto a quem quer que esteja lendo esse relato, que nós nos deturpamos tanto a ponto de achar normal ver pessoas morrendo de formas horríveis, em frente aos nossos olhos, em HD 1080p?

Como é possível que a pessoa que ainda se choca com esse tipo de coisa é que seja vista como errada, como fraca?

E para meu espando ainda maior, a maioria esmagadora das respostas ao vídeo fazia graça do ocorrido, ou pior ainda, tratava como algo normal...


Essas reações, masi do que tudo, me fizeram pensar o quanto estamos anestesiados à violência, e como estamos acostumados com a morte.

De repente a realidade dos Jogos Vorazes ou de Rollerball não me parecem mais algo que só poderia acontecer na ficção.

Algumas pessoas realmente falaram contra o vídeo, inclusive o Jovem Nerd, que eu erroneamente achei que tivesse aprovado. Porém a quantidade foi infíma comparada a quantos o aprovaram

O próprio izzy, após receber uma repreenção pública do Jovem Nerd, deletou o tuite com o vídeo e pediu desculpas pelo ocorrido. Mas a despeito disso, seu último tuite para mim foi reclamando que eu o tinha deixado em "maus lençóis com o Jovem Nerd."

Não se lamentando do ocorrido, não se lamentando da insensibilidade de seus seguidores. Mas reclamando que tinha ficado mal visto pelo outro "famoso" da internet.

E eu terminarei o texto por aqui, pois finalmente sinto que um peso foi tirado do meu peito. Nunca mais conseguirei ver a internet, e as outras pessoas em geral, da mesma forma, e isso me entristece.

Fica aqui meu desabafo, muito obrigado.

Pedro Lucas Rocha Cabral de Vasconcellos.

Um comentário:

Ana Claudia Savini disse...

É Pedro, o que você descobriu com esse twitte eu já sabia faz tempo. Pessoas que ficam indignadas com a boçalidade generalizada onde a internet está inserida são consideradas intolerantes e não fazem parte desse grupinho de antenados e descolados cagadores de regra e senhores da verdade que dizem e fazem o que querem pra um monte de puxa-sacos sem opinião formada e sem personalidade aplaudirem.
Bem-vindo ao clube. :)